45 3027-0170

A técnica do Airbrush

O que é airbrush?

Há tempos a maquiagem deixou de ser um quesito indispensável somente em visuais preparados para comemorações especiais. Atualmente, as mulheres estão se produzindo inclusive para situações cotidianas, como ir ao trabalho, ao supermercado, a um churrasco em família…

Ao observar essa mudança de postura, muitas empresas do ramo de cosméticos intensificaram suas pesquisas em produtos e técnicas de maquiagem. E um dos resultados é o airbrush. Mas o que faz um procedimento com nome tão diferente? É uma maquiagem realizada por meio de uma pistola ligada a um compressor de ar, a qual produz jatos de tinta direcionados aos pontos que se deseja maquiar, tanto no rosto quanto no corpo. O equipamento é transportável e fácil de manusear.

Airbrush e a tecnologia

Não é somente para a realização do make-up diário que o airbrush pode ser utilizado. Exatamente por sua precisão, ele é o “queridinho” dos profissionais que trabalham em filmes, televisão e fotografia. “Quando a maquiagem se fixa na pele, os microgrânulos, que simulam ‘pixels’, secam e são captados por câmeras digitais e fotográficas de alta definição”, diz Júlia Benedetti, diretora de marketing da Catharine Hill.
Na indústria cinematográfica, a técnica pode ser vista nos personagens de produções como “Senhor dos Anéis” e “Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet”. Na televisão, brilha nos aclamados “Desperate Housewives” e “Heroes”, assim como na rede de notícias norte-americana CNN. “Existe uma demanda pelas últimas novidades, e o airbrush é uma delas. Os consumidores desejam o que está sendo usado em Hollywood, e esta é a mais nova opção”, diz Tara.
Mas não pense que essa técnica pode encarecer o processo de maquiagem: ela pode ser feita com uma linha normal e finalizada com airbrush. Assim, a maquiagem tradicional, aplicada com as mãos ou com pincéis, perde seu aspecto desigual, pastoso e pesado e tem maior duração – cerca de 12 horas. Para sua retirada, deve ser usado demaquilante.
Qualquer pessoa pode submeter-se ao procedimento e desfrutar da rapidez de sua aplicação, já que não são necessárias muitas camadas de maquiagem. O profissional só precisa ficar atento ao trabalho, pois o retoque é totalmente desaconselhável, e deve ter o cuidado de proteger o cliente para que ele não inale o produto. Para isso, deve ser providenciado um estêncil aparador para a região orofacial. “Muitos erros são cometidos por falta de treinamento. Isso poderá ser sanado com cursos especializados em nossos centros técnicos”, afirma Júlia.

Um pouco de história
Em 1958, os estúdios MGM começaram a filmagem do filme épico “Ben-Hur” (1959). Durante essa produção, os maquiadores sentiram a necessidade de aplicar falsos bronzeados nos figurantes. Então, o airbrush, criado em 1893 para aplicações mais delicadas em pinturas, foi a grande aposta para essa tarefa. Os maquiadores se utilizaram dessa técnica para caracterizar os atores, aplicando um spray com foundation temporário. O método funcionou extremamente bem. Assim nasceu a maquiagem colocada por meio do airbrush.
Histórico fornecido por Tara David, vice-presidente da Temptu

Airbrush: vantagens
A aplicação da maquiagem com o airbrush tem algumas vantagens incontestáveis. A primeira delas é a naturalidade do resultado, pois os produtos se fundem com a pele e asseguram um rosto maquiado com aspecto natural. A outra é que, em tempos de TV digital, esse tipo de maquiagem camufla pequenas imperfeições do rosto de quem aparece na “telinha”.

Técnica de maquiagem com airbrush pode durar até três dias.
Além da durabilidade, o método promete esconder manchas com perfeição
Que tal fazer a maquiagem depois do almoço, tirar uma soneca, ir para a festa e estar com a pele intacta até altas horas da manhã, depois de suar e dançar? Estas são as promessas da maquiagem com o air brush ou aerógrafo. Trata-se de uma pistola ligada a um compressor de ar que borrifa jatos fininhos de coloração. O aparelho pode ser usado com tinta para obras de arte e para maquiagem de alta definição. Criada para atender as produções de cinema e televisão em HD, a maquiagem com air brush timidamente ganha salões de beleza e adeptas que desejam efeito prolongado ou esconder manchas mais persistentes.

A maquiagem específica para usar com a pistola, o material e a manuteção são mais caros. Por isso, é mais procurada por um público específico: formandas, debutantes, noivas e convidadas.
A maquiagem com airbrush exige habilidade para a precisão dos traços. Tudo: corretivo, base, pó, sombra, delineador, blush e batom podem ser aplicados com a pistola. A principal vantagem é a possibilidade de fazer correções com maior perfeição. Cicatriz, sardas em excesso, manchas de sol, olheiras mais profundas, a maquiagem com air brush esconde até vitiligo e rosácea, marcas de pós-operatório, inclusive tatuagem.
Nos salões há como optar por aplicar somente a base com o air brush e o resto da pintura com produtos tradicionais. Existem 3 tipos: a com álcool, utilizada em produções artísticas quando é necessário filmar mergulhos em mar ou piscina, dura 3 dias; com água destilada, aplicada em maquiagem social, tem duração de 12 horas; e a com silicone, também para maquiagem social, permanece na pele por 24h.
Como a maquiagem do airbrush é feita de micro partículas ela cobre bem melhor a pele. Dá pra amenizar até 90% das pintas e manchas do sol, com a vantagem que fica uma maquiagem bem.
As linhas de cosméticos minerais de micropartículas podem ser adaptadas para alta definição, mas elas não duram muito tempo, depende da qualidade do produto — explica Aline.
Para resistir às temperaturas altas, a makeup artist indica base à prova d´água da Mac e para deixar qualquer maquiagem resistente a àgua e suor a dica são os sprays impermeabilizantes profissionais, como o da Kryolan ou da MAC.

Maquiagens da linha mineral da contém1g, O Boticário e Dior.

Maquiagem hi-tech promete milagres

Maquiagem com air brush troca pincéis por pistola de ar comprimido
A chegada no Brasil da HDTV (sigla em inglês para TV com imagem de alta definição) provocou pânico entre maquiadores, atrizes e apresentadoras de telejornais. A reação faz sentido. Afinal, a qualidade das imagens digitais pode transformar em cratera uma simples marca de expressão.

Felizmente, a indústria da beleza acompanhou os avanços tecnológicos e lançou mão de um recurso que já era utilizado para deixar ainda mais lindas as beldades do cinema: o air brush, um equipamento de ar comprimido. No lugar dos pincéis, durante a maquiagem, entra em cena uma pistola que lança jatos de pigmentos especiais sobre a pele, para compor base, sombra, blush e batom.

O air brush ainda não substitui a maquiagem tradicional, mas é um equipamento que dá acabamento singular à pele. Funciona como um Photoshop natural. Como o material usado é a base de silicone, ele se fixa e preenche melhor os poros e as imperfeições da pele.

Toques do maquiador são necessários
Antes de colocar o jato de ar em ação, a pele precisa ser preparada com o uso de corretivos e uma leve camada de base. Pode-se aplicar o air brush diretamente na pele, pulando-se a primeira fase do processo. Porém isso só pode ser feito em peles muito boas, ou muito jovens, livre de quaisquer relevo, depressão ou marcas de expressão.
O rímel também ainda não foi substituído, assim como a aplicação do pó iluminador que deve ser feita à parte, com pincéis de fibra óptica – para não marcar a pele. Aliás, o maquiador precisa ter muito cuidado para não deixar suas digitais na maquiagem – assim como a sua cliente, que deve esperar quietinha por cerca de 30 minutos até que o produto se fixe completamente na pele.

O esforço vale a pena: como o poder de fixação é maior, a maquiagem dura, no mínino, 12 horas. No momento de removê-la, também é necessário um pouco mais de capricho. “É preciso usar um bom demaquilante, de preferência livre de óleo”, sugere a especialista Juliana.

A dica, portanto, é optar pelo look high-tech principalmente em ocasiões especiais: no dia do seu casamento, da sua formatura ou, por que não, em encontros pra lá de especiais.